sábado, 10 de setembro de 2011

Tail Doll

1983…Los Angeles.
- Oito, já foram oito casos…- O detetive queimava o cigarro sem senti-lo, as mãos exaustas remexiam as laudas inquietas, era ridículo pensar isso, mas não havia outra ligação.

- Merda. -Resmungava consigo olhando pela janela a noite fria, o primeiro caso ocorreu com um garoto de nove anos, morreu em casa sozinho asfixiado durante um ataque epilético, segundo os médicos o menino se emocionou e desmaiou sofrendo de espasmos o que agravou o quadro, mesmo sem ter antecedentes familiares isso é uma morte acidental. A família relutou levantando fatos espirituais mas nada embasado. Fim de caso. Duas semanas depois outra morte causada pelo mesmo agravante, novamente sem antecedentes familiares. O que esta criança, e as outras sete tem em comum? Apenas uma coisa. No local da morte ambas tinham tomado como ultima atitude liberar um personagem de videogame chamado Sega Saturn, o jogo se chamava Sonic R. O personagem liberado se chamava Tails Doll, o que era a base de argumentação de algumas famílias, alegando ser resultado de um contato espiritual.

O detetive se sentava na mesa observando a fita sobre a mesa de madeira... ainda refletia, vários testes foram feitos mas nada foi comprovado, não acreditava que aquilo resulta-se de um contato espiritual mas talvez algo estivesse oculto entre a mensagem do jogo, que se tornava claro apenas quando se atingi-se esse personagem. A única pista seria analisar a fita, mesmo o caso encerrado aquilo o ainda atordoava, levantando com dificuldade guardava a fita no bolso da jaqueta e partia para casa.

A história real(?)

Tails Doll é um personagem desbloqueado do jogo Sonic R. É a figura de Milhares "Tails" Prower mas em forma de boneco.

A lenda urbana Iniciou após a morte de um menino ao jogar um Sega Saturn com o jogo Sonic R. Ao encontra-lo coincidêntemente a última ação era ter desbloqueado o Tails Doll, a partir disso começou a criar um mito, onde se "afirmava" que Tails Doll era o demónio TD, que supostamente assassinou a várias pessoas nos Estados Unidos no ano de 1983.

O mito de Tails Doll causou uma forte polêmica depois do aparecimento em Internet a morte de outros meninos que morreram ao desbloquear tal personagem. Segundo o amigo do menino, o menino foi encontrado no chão, com os lábios mordidos, a pele totalmente branca e olhando perdidamente ao teto enquanto a televisão repetia "Can you feel the Sunshine".

Registos médicos e investigações feitos pela LAPD (Los Angeles Police Department), o menino morreu asfixiado enquanto sofria um ataque epiléptico, o qual é bastante raro, já que não tinha antecedentes familiares da doença. Assumiram que o menino se emocionou demasiado e sofreu de espasmos, o que elevou o grau de não poder respirar. Os familiares do menino afirmam que isso não era possível, por não existir nenhum antecedente de epilepsia na família. A polícia não aceitou a teoria espiritual da família, pelo que deu o caso por Fechado.
Apesar do mito, várias pessoas aventuraram-se a jogar e reunir os 5 tokens necessários na pista Radical City. Segundo os depoimentos nada acontece. Logo em seguida surge a lenda a respeito de um bloqueio o jogo possui para não libertar o demónio TD, o qual é possível romper ao jogar o modo Tag 4 characters, escolher a Tails Doll, e jogar com ele. Quando o jogo inicie, se deve perseguir o Super Sonic, e se o jogador o vencer, o selo se rompe. Cabe notar que há gente que faz isto mesmo e afirma que não passa absolutamente nada fora do normal, ainda que há outros que dizem terem sofrido violentas sensações e desligaram o vídeo game sendo salvas por deus.






Creepypasta ? 2 mortes nesse caso foram reais... pesquisem.

Nenhum comentário: