domingo, 11 de setembro de 2011

O Golem - Lenda e clássico de 1920

O Golem é uma lenda ou folclore do Judaísmo. É a tentativa de se criar um homem do barro, assim como Deus fez...
Em outras palavras o Golem seria o contrário de um fantasma. Enquanto um fantasma é um espírito sem corpo, o Golem é um corpo sem espírito, que age somente por instinto normalmente violentamente.



Existem vários livros que falam do Golem.

"A mais famosa narrativa com um golem envolve o rabino Judah Levi, de Praga, durante o século XVI. Diz-se que ele teria criado um golem para defender o gueto de Josefov em Praga contra ataques anti-semitas. A primeira publicação da história do golem apareceu em 1847 em uma coleção de contos judaicos intitulada Galerie der Sippurim, publicada por Wolf Pascheles, de Praga.

Cerca de 60 anos mais tarde, um conto de ficção foi publicado por Yudl Rosenberg (1909). De acordo com a lenda, o golem teria sido feito com a argila do rio Moldava que banha Praga. Seguindo rituais específicos, o rabino construiu o golem e fez com que ele ganhasse vida recitando um encanto especial em hebreu e escrevendo na sua testa a palavra Emet, que em hebraico significa "verdade". O golem deveria obedecer ao rabino, ajudando e protegendo o gueto judaico.

Durante o dia, o rabino escondia o golem no sótão da Antiga-Nova Sinagoga. Porém, o golem cresceu e se tornou violento e começou a matar pessoas espalhando o medo. Foi então prometido ao rabino Judá Loew ben Betzalel que a violência contra os judeus pararia se o golem fosse destruído. O rabino concordou e destruiu o golem apagando a primeira letra da palavra Emet que formaria a palavra Met que significa "morto" em hebraico.

A existência de um golem na maioria das histórias mostrava algo bom, mas com problemas. Embora não fosse inteligente, o golem podia fazer simples tarefas repetidamente. O problema era controlá-lo e fazê-lo parar."
Fonte: Wikipedia


Parece que o Frankenstein de Mary Shelley foi uma versão moderna do Golem, e a criatura também saiu do controle...

Aqui tem o filme clássico "O Golem" de 1920. O filme é do expressionismo Alemão, e é considerada a melhor(se não única?) versão até hoje.
O filme é mudo e em preto e branco, nessa versão ganhou uma trilha sonora do Black Francis, líder do Pixies.


Um comentário:

Taysen disse...

Fiquei com uma dózinha do Golem, mas ele era mau, nossa achei que a filha do Sacerdote estaria morta depois de ser arrastada